Oi amiguinhos? Sentiram raiva dos joguinhos hoje? Não? Vou faze-los sentir!

Primeiro vamos falar de lootbox e como o governo que multar que faz, NÃO SOUBERAM? O ANCED é uma associação de pessoas que luta pelas crianças e adolescentes, e que só essa semana descobri que existia. Parece ser uma massa de ONGs e outros associados internacionais que lutam pelos jovens… Bom, vejo que os jovens não gostaram muito disso outros querem que essa porcaria acabe, o engraçado é que o site da ANCED é muito mal acabado pra uma organização que quer peita não apenas  um montão de empreas de jogos mas o Google e a Microsoft em 19 bilhões! Só queria saber pra onde vai essa grana e pra onde eles acham que empurrar uma meleca dessas no meio de uma pandemia! Sério, essa treta começou em 2017 e só agora uns bons anos depois os maluco aciona a justiça? Não que o pessoal BR não tivesse se preparado pra essa treta mas esperava algo lá por 2019 ou 2020. A impressão que fica é que eles querem faturar uma grana no meio dessa desgraça toda, mas considerando que Márlon Reis do PSB e criador da lei ficha limpa esta envolvido dá pra entender que eles tiveram fazem isso por uma boa causa espera-se né? Afinal ele também tomou bronca por problemas relacionado a contas e eleições uns tempos atrás mas já se resolveu ao que parece. Poxa, eu queria falar de jogo e falei de política aqui.

Mas vamos começar com calma: Lootbox  e as praticas pay-to-win começaram muito nos jogos online gratuitos como MapleStory, ZT Online, jogos da Zynga como FarmVille e outras porcarias que sua vó jogava. e se espalharam como um câncer! Sim um câncer que come dinheiro de tolos viciados! E de todo tipo de tolo/bobo/burro/otário/zé mané caiu e ainda cai! Nessa armadilha monetária onde o jogador tinha que tirar dinheiro do RAB… do universo pra continuar ganhando ou simplesmente jogando essas porcarias estelionatárias sem vergonha e sem alma feita por malandros que deve queimar no fogo do inferno! É isso mesmo! Odeio essa meleca! Pois toda a mecânica do jogo obrigava o jogador gastar com itens, recursos,, personagens e sem uma progressão satisfatória, fora o fato de que esses jogos eram online e caso o servidor/empresa/serviço o progresso do jogador era jogado no lixo! Nada de reembolso , considerando que as empresa que faziam isso se alojavam em redes sociais ou em propagandas pro mercado móvel, onde as vitimas eram tias incultas, primas bobas e pais abestalhados que jogavam um “aplicativo” e não um jogo de verdade como os fracassados dos “VIDEOGAMES”.

A indústria viu nesse nicho de otários um alvo e usando pressão psicológica e artes chamativas iniciaram e inspiraram uma era de fazer dinheiro com bobos . Valve colocou isso em Team Fortress 2 e foi questão de tempo pra todo mundo dos “VIDEOGAMES” repetir a dose. Dai foi jogo feito de maneira quebrada obrigando o jogador a pagar por armas, DLC de historia, partes de itens ou o fato que você gastava cara em um jogo e tudo de bom você tinha de pagar ou jogar quase uma vida seja no single player ou multiplayer até o fim dos tempos para desbloquear. Foi um tempo horrível mas que precisou acabar, Japão e Europa apertaram o cerco enquanto Coreia do Sul e China defendia com restrições, EUA ficou no muro mas começou a criar leis pra frear essa pouca vergonha. Agora chegou a vez do BR tomar atitudes… Mas pedir bilhões foi estranho. Ainda vão julgar mas vai levar um tempo. Fora que isso pode derrubar o LoL, CS e Genshin Impact e isso pode fazer uma gurizada revoltada a pedir a cabeça de alguém nas eleições.

Falando em câncer vamos falar da EA, Anthem foi um jogo feito de maneira maluca mas criativa por parte da EA e misturava sobrevivência, ficção cientifica com tiroteio mas que fosse diferente de Mass Effect ou Dragon Age… mas na real a equipe estava mais perdida que cego em um tiroteio no escuro durante uma suruba! Eles queriam que o jogador pudesse voar, que a historia fosse única e o escambau. Mesmo que a Bioware tivesse a benção da EA e podia se dividir entre esse projeto e o desastre que foi Mass Effect Andromeda a equipe não sabia o que fazer! Eles tinham perdido os fundadores, os melhores roteiristas entre outros gênios por frescura pura ou mancadas internas das Bioware como tretas por ego ou arrogância internas dos chefes da parada toda. Fora as burradas da EA como obrigar a usar a Frostbite Engine, um motor gráfico pra FPS ou esportes e que eles queriam meter em tudo como se fosse uma religião! Serio! Eles não deram apoio ou mandaram os técnicos que mexiam com essa porcaria pra orientar a equipe, fora o fato que essa desgraça buga feito a morte! Ou sairam porque a EA é um poço de cobras pior que qualquer ”Reality Show” da vida. De inicio a EA foi boazinha com a Bioware mas o ego da própria Bioware somado a burrices corporativas e as palhaçadas que ocorreram com  Mass Effect Andromeda fez o chicote estralar no lombo da equipe que trabalhava mais que um chinês com dividas com o agiota. Mas de novo, os nerds do RPG estavam sem os seus mestres pra guia-los e o motor gráfico juntamente ao fato de que ninguém peitava a EA ou dava rumo pro projeto já que a Bioware é formada por muita gente, mas muita gente que discordava umas das outras e estavam pedidas ou não queriam ouvir os “subalternos”. Fora que muita gente saia desse vespeiro que a empresa estava virando enquanto o projeto virava um bicho de 7 cabeças, só que as cabeças estavam morrendo enlouquecidas.

Mas ainda sim eles tinham que entregar essa coisa e como fazer nas coxas todos os tipos de porcarias é costume da empresa foi o que foi tanto o Anthem quanto o Mass Effect. Tá, mas porque explicar isso? Bem, a EA aprendeu, ela PARECE que aprendeu… ou só deu desculpa mesmo. Mas o fato é que ideias de jerico e burradas corporativas tipo, fazer tudo que é RPG virar MMO entupido de DLC, Lootbox, Microtransação ou meter o louco não ajuda ou mesmo fazer o povo de escravo como a EA sempre faz de um jeito ou de outro é algo que deve parar. Fora o fato que atacar quem reclama de palhaçadas como jornalistas ou ativistas dos direitos humanos e sindicalistas. Por fim venho por meio deste alegar que Anthem foi pro saco Dragon Age 4 vai ser offline. A EA aprendeu algo? Só o tempo dira.

Pokémon Legends Arceus é o The Legend of Zelda: Breath of the Wild, sério, o jogo nem esconde que quer e parece que vai ser o Pokémon de ação e mundo aberto que todos sonham, fora o fato que você pode pegar Arceus shining/raro com natureza e atributos perfeitos pra massacrar os inimigos com o poder de Deus em pessoa, digo, Arceus é Deus e um pokémon… mas é melhor esperar pra ver porque junto desse lindo saiu isso:

Pokémon Brilliant Diamond e  Shining Pearl é alvo de reclamação por ser fraco em gráfico e jogabilidade e o escanbau. O pessoal quer que pelo menos dê pra importar os Pokémon de Sword e Shield pra pleo menos completar a lista de Pokémon da oitava geração que mesmo com expansão e DLC faltava no jogo. Só o tempo dirá se esse é uma adição digna da Nintendo ou caça-níquel safado. Os fãs acham safado mas se tiver conteúdo pode passar.

State of Play  foi a conferencia da Sony e eles anunciaram pouca coisa relevante, vou por o que eu achar melhor porque quem escreve essa b**** sou eu amiguinhos! Então vamos?

Five Nights at Freddy’s Security Breach é o novo jogo de terror da franquia de sustinho de youtuber Five Nights at Freddy’s, a diferença é que agora parece mesmo um jogo e não um mini game, veja, eu sei que ele é um jogo de terror bancana já que o jogador é obrigado a não se mexer e bolar táticas parado pra viver, o soda é a modinha e os fãs ou o fato do jogo ter ficado incompleto por anos e só agora que a moda passou essa coisa ser tratada como um jogo de terror de fato. Só espero que o fato do jogador poder usar portas e cenários como recurso permaneça na obra e não vira um Outlast colorido.

Sifu parece que vai ser o jogo indie de porrada, algo tipo Streets of Rage ou God Hand. O que dizer? Porrada e mais porrada e o protagonista envelhece e tudo mais. Pelo menos vai ser legal.

Returnal é um jogo de tiro bancana, não é um Halo (mesmo esse já é zuado) ou CoD mas vai ser legal pela movimentação e pelo tiroteio. Não é nenhum Doom mas é legal.

Teve também Crash Bandicoot 4: It’s About Time sendo legal como sempre, Kena: Bridge of Spirits que vai ser o Zelda do PS5, Oddworld: Soulstorm sendo bizarro mas bacana como aquela sua amiga de humanas curte ser gótica e alternativa mas sempre libera a bun… um pedaço do lombinho durante o almoço pra você e Deathloop prometendo sair um dia, ou já saiu e esta fazendo propaganda no passado já que o jogo é sobre viagem no tempo… mas vamos falar da porcaria que irrita alguns dos membros da casa e trás alegria pra muitos! FINAL FANTASY!

Vamos por partes tal qual a pobre Jenova após ser esquartejada por Sephiroth.

1 FFFF  foi anunciado, sim! Não estou louco! Free Fire Final Fantasy mobile foi feito! Com o nome de FINAL FANTASY VII THE FIRST SOLDIER! A trama é um concurso de luta até a morte da empresa Shinra pra definir quem vai virar o primeiro SOLDIER, o que é um SOLDIER? Bem, o SOLDIER é basicamente um mercenário/jagunço/rato de laboratório super poderoso da Shinra que vai receber sangue de et com magia bruta pra ficar fodão e anabolizado do mal, é tipo concurso da PM mas você vai ou morrer doido da cabeça (como muitos PM) ou virar monstro porque vão te dar sangue de et com magia bruta! Bom, pelo visto a historia é antes deles enfiarem sangue de et no lombo dos funcionários mas enfiavam magia bruta. Ou talvez enfiem e o jogo coloque como um buff?

De resto esse jogo me lembra muito o multiplayer de Dirge of Cerberus: Final Fantasy VII que só saiu no Japão e não era lá essas coisas saca? Já disse e repito: Square oriental não sabe fazer jogo de tiro mas ainda sim tentam fazer. Bom, sucesso pra eles.

 

Final Fantasy VII Ever Crisis vai ser vai ser um titulo que reúne os momentos mais importantes da saga em fases por turno, a grande sacada é que você não precisa jogar todos os jogos da compilação de FF7, só joga esse que em cada mês sai algo novo pra você ver/comprar/DLC/desbloquear… Olha, a Square faz isso desde Before Crisis -Final Fantasy VII em 2004 então não é novidade portanto os jogadores aquietem a periqueita que vai ter inclusive pontos do roteiro que não foram abordados em jogo algum! E vai ser em um jogo mobile que a Square vai desabilitar daqui uns 7 anos! EBA!

Mas pra quem for jogar felicidades, porque em alguns países jogo com DLC ou micro transação é banido! Lembra das coisas que falei no começo do post? Então, esses 2 jogos, se de depender de alguns lugares não vão participar da brincadeira global!

Poderemos portar o 7 remake pro ps5? Sim, pode comprar pro ps5? Claro! DLC da Yuffie vai pago, fazer referencia a continuação de ff7 que todo mundo odeia e será conteúdo separado? Sim! Será curto e não terá pro ps4? SIM! Olha, eles vão colocar na DLC coisas que mesmo no jogo base não terá e então peço pro povo parar de dar raiva nisso e ir jogar Chrono Trigger que é mais negócio. De resto boa noite e bons sonhos… ou se tiver de dia que vão todos a mer… mercado usando mascaras! E o jogo do Harry Potter? Ele pode floppar porque além da autora falar groselha um dos manda chuva parece ser de direita extrema e estar envolvido em escândalo sexual. Tchau galera!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ideia Errada #57: Podcast de F1

1 de março de 2021