Tom Hooper tem seu mérito, adaptar um dos musicais de maiores sucessos na Broadway com certeza foi uma ideia muito ousada, o que não significa absolutamente nada quando o resultado é uma porcaria. O mérito dele é ser lembrado como uma das piores adaptações/filmes/musicais já vistos.

Cats (2019)

Quando fui ao cinema eu não estava esperando grandes coisas, geralmente eu não crio expectativas para filmes mas já haviam me dito para me preparar para esse filme e seus ~efeitos especiais~. Vamos lá, vou começar pela crítica que mais ouvi: o enredo do filme não faz sentido. Mano, você vai assistir musical por causa de roteiro? É tipo falar que vai assistir algum filme do Dolph Lundgren por causa da história e não pela porradaria. Musical você vai é pelas músicas, que por sinal eu achei bem legais a maioria, recomendo procurar a soundtrack no spotify. Tirando Os Miseráveis (com a versão de 2012 sendo fdirigida por ninguém mais que o próprio Tom Hooper!!!) existe algum outro musical que tenha alguma história minimamente interessante que condiza com o fato do filme ser musical? O problema do filme não é simplesmente “não fazer sentido”, ele faz sim, existe uma história que é “explicada” pra gente, quem não entendeu é burro, a história só é RUIM mesmo. A real é que eu não tem como um filme baseado em um musical medíocre ser um filme bom. Não interessa o tempo que ele permaneceu na Broadway, americano não é exemplo para nada em aspecto cultural.

Cats (2019)

Muita gente também atacou a parte dos efeitos e como o CGI estava porco. Nesse caso não tem o que defender, tá tudo muito ruim mesmo, a ideia de criar uns seres felinos antropomórficos completamente digitais teve resultado desastrosos. Algumas partes você percebe que o ângulo do rosto está diferente do ângulo da cabeça, as feições são deformadas para caber no “corpo” felino, eu só fui saber que era a Taylor Swift no final do filme. Com os artistas cobertos por CGI a gente não tem a impressão de que os bailarinos estavam dançando com captura de movimento mas sim que era tudo uma animação (estou na dúvida até agora). Não entra na minha cabeça como que em pleno 2019 conseguiram fazer uma porcaria dessas sendo que em 2003 Mike Myers estava aceitável em O Gato. Eu aposto que se cortassem toda a verba do CGI e jogassem para uma produção ne fantasias fodas e maquiagens fodas bem aos moldes de teatro mesmo o filme melhoraria muito nesse aspecto. A gente tem aí o Cirque du Soleil fazendo espetáculos desse tipo e lançando DVDs estilo filmes que todo mundo curte.

Cats (2019)

É complicado ver que o mesmo direto de O Discurso do Rei conseguiu fazer um negócio desses. É complicado ver que tem um elenco DE PESO nesse filme. Mano o Ian McKellen tá nisso, o cara é UM LORD, imagina se ele morre agora e fica com esse filme sendo o último da carreira dele??? Enfim, a melhor parte do filme foi a rabanada que eu comi no cinema.